top of page
  • Foto do escritorAndré Carvalho

Por quê consultar um médico homeopata?





A Homeopatia, especialidade médica, fundada pelo médico Alemão Samuel Hahnemann, em 1796, segue o modelo de atenção centrado na saúde, colocando todas as dimensões do indivíduo no centro desse paradigma. Tem como característica fortalecer o paciente tanto nas suas capacidades biológicas de manutenção da saúde como nas de autocuidado, além de promover a humanização da atenção. A literatura e a experiência demonstram a sua capacidade de reduzir a fármaco-dependência e a demanda por intervenções e emergências, melhorando a qualidade de vida.

Segundo Carillo Jr., fundador da Homeopatia Clássica Sistêmica, no seu livro - O Milagre da Imperfeição, as imperfeições são oportunidades de transformação, e não erros da natureza a serem corrigidos e dominados pelos padrões da ciência vigente. Nesse sentido, a doença não seria um mal em si, mas um estímulo para a capacidade de adaptação do ser biológico e, portanto, algo a ser monitorado e direcionado para o “aprendizado do sistema”. O tratamento homeopático estimula o sistema de autorregulação com uma “doença medicamentosa” artificial semelhante à doença natural para que ele busque um caminho adaptativo para solução do problema.


A visão integral do ser humano, que caracteriza a Homeopatia, aliada ao conhecimento médico atual, tanto no sentido diagnóstico/prognóstico, quanto terapêutico, garante a possibilidade de inter-relações com as diversas Clínicas e terapêutica conjunta.


Da mesma forma que a Medicina Convencional, a Homeopatia utiliza-se da Semiologia e dos exames complementares para o diagnóstico e instituição do tratamento, sendo utilizada para casos agudos, habitualmente com resultados bastante eficazes e rápidos e também para os casos crônicos, que não respondem às modalidades de tratamento clínico tradicional.


O médico Homeopata é procurado para o atendimento das mais variadas queixas que ocorrem na infância e na vida adulta, como: doenças alérgicas, enxaqueca, gastrites, insônia, dor crônica, distúrbios nefrológicos, pulmonares, reumatológicos, neurológicos, distúrbios do comportamento, principalmente depressão, transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), autismo, bem como atua de forma preventiva, evitando crises e internações.



Se você precisa de uma consulta médica na área da Homeopatia, procure o IONS.

A Dra. Danielle Barbas é Professora da Universidade de Brasília, médica homeopata e membro efetivo da Associação Brasileira de Homeopatia.

106 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page